Russa de 3 anos sobrevive após 11 dias perdida na floresta

Publicado em 11/08/2014 às 22h27

Uma menina de três anos foi achada com vida  após passar 11 dias sozinha em uma floresta da Sibéria infestada de ursos e lobos, informou o Daily Mail.

Karina Chikitova sobreviveu graças ao seu cão de estimação, que a manteve aquecida por mais de uma semana. Durante todo esse tempo, a menina se alimentou de frutas silvestres e se manteve hidratada bebendo água de rio.

Surpreendentemente, Karina sofreu apenas picadas de mosquito e arranhões nos pés. 

A menina vagou sozinha após sair da sua casa em uma aldeia remota na Sibéria. Os mesmos capins altos que lhe serviram como cama, atrapalharam a missão dos socorristas que tentaram usar um helicóptero para encontrá-la.

A região de Sakha, onde Karina se perdeu, também é a mais fria no inverno russo, mas nessa época do ano, as temperaturas noturnas ficam próxima dos seis graus. 

A mãe da criança acreditava que a filha tinha acompanhado o pai em uma viagem no dia 27 de julho. O pai, por sua vez, não percebeu que Karina o seguiu junto do cachorro e se perdeu na floresta. Apenas quatro dias após a menina ter se perdido, a mãe falou com o ex-marido e descobriu que a filha havia desaparecido.

Os pais de Karina e as equipes de resgate contaram com a ajuda do cachorro da criança para localizar a menina. Ele voltou para a vila onde a criança morava nove dias após ela ter desaparecido e guiou os socorristas até o local onde Karina esperava por ajuda. 

Karina foi alimentada e levada a um hospital. Ela passa bem.

 

Categoria: Internacional
Tags: Sibéria. perdida na floresta

voltar para Notícias

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR show|||image-wrap|news login c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|c10 fwB|news login normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||