Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 em Osasco

Publicado em 21/07/2016 às 15h14

http://www.portalcolina.com.br/noticias/revezamento-da-tocha-olimpica-rio-2016-em-osasco.html

Passagem da tocha Olímpica por Osasco

Por onde passará a tocha olímpica em Osasco, horários, ruas e avenidas:

REVEZAMENTO
15h11 – início do tour na avenida dos Autonomistas e em frente a agência do Bradesco (patrocinador)
15h25 – rotatória da avenida Santo Antônio com a rua Agop Kamalakian
15h35 – na avenida Sport Club Corinthians Paulista, no Sesc Osasco
15h54 – na Associação Desportiva Classista Bradesco, rua Thomaz Gonzaga
16h05 – altura do Supermecado Sorocaba na avenida Antônio C. Costa (nesse horário começa o show na avenida Brasil, palco de chegada da tocha no Jardim Rochdale)
16h37 – avenida Valter Boveri com a avenida Novo Osasco
17h17 – avenida Hirant Sanazar e na Cidade de Deus, sede do Bradesco
17h42 – no boulevard da prefeitura
17h52 – no Viaduto Metálico com direção à rua Dona Primitiva Vianco
18h05 – rua João Colino para a rua Antônio Agu
18h11 – rua Nossa Senhora de Fátima à catedral da avenida Santo Antônio
18h23 – avenida Dionísia Alves Barreto, retornando pela avenida Santo Antônio e rua Agop Kamalakian
18h32 – Centro de Eventos Pedro Bortolosso no Km 18
18h33 – a tocha vai de bike pelo viaduto Presidente Tancredo de Almeida Neves (acesso à zona Norte)
18h40 – avenida Getúlio Vargas
18h49 – rua Paula Rodrigues com a avenida Brasil no Jardim Rochdale
19h12 – chegada e celebração no palco final na avenida Brasil, ao lado do estádio do Rochdale.

Condutores da tocha olímpica em Osasco

 

Irma Aida Barreto Agulha Conrado é uma pioneira no vôlei. Numa época em que os atletas brasileiros recebiam apenas ajuda de custo, ela foi uma das primeiras profissionais do esporte. Irma se transferiu para o Real Madrid, na década de 70. Ainda na Espanha, ela obteve o certificado de técnica internacional. Aos 63 anos, 50 deles dedicados ao voleibol, Irma trabalha hoje na revelação de atletas. "É uma emoção indescritível conduzir a tocha, depois de ter tido a honra de ajudar a revelar para o Brasil as campeãs Olímpicas Paula Pequeno, Mari, Adenízia, Jaqueline e Dani Lins", disse a ex-jogadora que conduz a tocha Olímpica Rio 2016 em Osasco.

Foto: Rio2016/Leonardo Rui

Priscila Tavares é apaixonada por arte desde pequena, mas acabou se formando em análise de sistemas. Quando ela assistiu a um show do Teatro Mágico, o sonho de menina reapareceu. Ela criou a escola Plantando Alegria, que ensina arte circense a crianças e adultos. "O nosso lema é transformar vidas. A cada sorriso de satisfação, paixão compartilhada e limite superado pelos meus alunos, tenho a certeza de que tomei a decisão certa", diz a condutora da chama.

Foto: Rio 2016/Leonardo Rui

Silvio Raposo é presidente do projeto Educando com o Esporte - Criança do Bem. A organização foi criada para oferecer um lugar onde crianças pudessem praticar esportes, e cresceu com a participação de voluntários. Hoje, o projeto atende cerca de 600 crianças. "Eu digo que essa oportunidade de carregar a tocha não é minha, é delas. E a garotada está muito ansiosa em poder presenciar isso. É gratificante. Sou morador de Osasco há 52 anos, e queria fazer algo pela cidade que eu amo", disse.

Foto: Rio 2016/Leonardo Rui

Categoria: Brasil, Dica do Dia, Osasco, São Paulo

voltar para Notícias

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR show|||image-wrap|news login c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|c10 fwB|news login normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||