Brasileira é campeã mundial de judô na Rússia

Publicado em 29/08/2014 às 13h09

Brasileira é campeã mundial de judôMayra Aguiar é campeã do mundo aos 23 anos e dá primeiro ouro ao Brasil na Rússia

Aos 23 anos, Mayra Aguiar entrou para a galeria de campeãs mundiais no judô. Nesta sexta-feira, a brasileira mostrou sua força e garantiu a primeira medalha de ouro para o Brasil na competição disputada em Chelyabinsk, na Rússia, com vitória sobre a francesa Audrey Tcheuméo na final.

Depois de ficar no pódio nas últimas três edições do Mundial (prata em Tóquio-2010 e bronze em Paris-2011 e Rio-2013), Mayra, enfim, conseguiu o ouro, com campanha irrepreensível. O desfecho dourado veio com um wazari sobre a francesa, campeã mundial em 2011 e bronze no Rio e Londres.

Na semi, Mayra havia passado pela norte-americana Kayla Harrison, que tem em seu currículo um título mundial, em Tóquio-2010; um bronze no Mundial de Paris-2011 e o ouro na Olímpiada de Londres, em 2012. Para vencer, a brasileira fez luta quase perfeita e avançou com um yuko e um wazari.

Considerada uma das maiores favoritas da chave, Harrison já havia passado por Mayra nas duas grandes conquistas de sua carreira. Em 2010, no Japão, venceu a rival na final. Já em Londres-2012, o duelo aconteceu na semi, com o mesmo desfecho - a brasileira ficaria com o bronze posteriormente.

Além da medalha olímpica e agora o inédito título mundial na categoria até 78 kg, Mayra Aguiar tem em seu currículo, a prata conquistada no Mundial de Tóquio-2010 e o bronze nos Mundiais de Paris-2011 e Rio de Janeiro-2013 em grandes eventos.

No caminho para a conquista histórica nesta sexta, a brasileira estreou com vitória sobre a italiana Assunta Galeone. Mayra dominou o combate e selou o triunfo em um contragolpe perfeito, que marcou seu segundo wazari na luta, logo, o ippon.

Na sequência, a adversária foi a espanhola Laia Talarn. Mayra confirmou seu favoritismo, novamente, com domínio total da luta. Logo com 35 segundos, um wazari deu tranquilidade à brasileira. Já no fim, um yuko, placar definido e vaga nas quartas de final assegurada.

REPRODUÇÃO TV
Mayra Aguiar conquista ouro no Mundial de Judô na Rússia
Mayra Aguiar conquista ouro no Mundial de Judô

Para se credenciar às semifinais, Mayra contou com uma lesão da adversária. Nas quartas, a russa Alena Kachorovskaya venceu a mongol Munkhtuya Battulga, mas acabou torcendo o punho esquerdo no final. Contra a brasileira, ela evitou usar a mão lesionada e acabou levando o ippon que a eliminaria com 2min31s de combate.

A medalha foi a segunda do Brasil no Mundial de Chelyabinsk. Na terça-feira, Érika Miranda ficou com o bronze na categoria até 52 kg - ela havia ficado com a prata em 2013, no Rio de Janeiro.

Tiago Camilo decepciona - Campeão mundial no Rio de Janeiro-2007, prata nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000 e bronze em Pequim-2008, Tiago Camilo protagonizou uma das maiores surpresas do dia ao ser eliminado logo na estreia da categoria até 90 kg.

Aos 32 anos, o judoca, um dos três brasileiros que já foram campeões mundiais (ao lado de João Derly e Luciano Correa), foi derrotado por um yuko pelo sérvio Dmitri Gerasimenko.

Estreante cai na segunda luta - A primeira participação de Bárbara Timo em Mundiais durou dois combates. Na estreia, ela precisou de menos de um minuto para conseguir um ippon sobre a sul-coreana Hye Jin Jeong. Mas, na sequência, Yuri Alvear fez valer sua experiência - e seu currículo.

A brasileira fazia boa apresentação e vencia por um yuko. No entanto, a 30 segundo do fim, a colombiana, bicampeã mundial (Rotterdã-2009 e Rio de Janeiro-2013) e bronze nas Olimpíadas de Londres-2012, conseguiu marcar um wazari, virando o placar e eliminando Bárbara. Alvear acabou ficando com o ouro.

Fonte: ESPN

Categoria: Esportes
Tags: judô

voltar para Notícias

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR show|||image-wrap|news login c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|c10 fwB|news login normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||