Black Friday, veja a lista de sites que o PROCON não recomenda

Publicado em 25/11/2014 às 21h50

Antes da Black Friday, Procon alerta: 325 sites devem ser evitados

Órgão de proteção ao consumidor ampliou sua lista sobre endereços eletrônicos que são alvo de muitas reclamações de consumidores e podem apresentar problemas

Pessoa realizando compras com cartão pela internet

Blck Friday: Mais de 300 sites devem ser evitados (Thinkstock/VEJA)

Com as atenções de muitos consumidores brasileiros voltadas à Black Friday, campanha do varejo eletrônico brasileiro que acontecerá a partir de meia noite desta sexta-feira, a Fundação Procon-SP ampliou sua lista de sites que devem ser evitados. Os endereços citados pelo órgão de defesa do consumidor receberam centenas de reclamações — muitas delas alegando a inidoneidade das empresas. 

Confira a lista completa. 

Segundo o órgão, esses fornecedores não responderam ou não foram encontrados para se explicar sobre as inúmeras reclamações de seus clientes que foram recebidas. 

Categoria: Brasil, Economia

voltar para Notícias

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left fwR show|||image-wrap|news login c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|c10 fwB|news login normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||